Granjas do Paraná ganham prêmios e estão entre as melhores do Brasil

03/05/2017
A entrega da premiação foi dia 27 de abril, em Florianópolis, quando exatamente metade dos prêmios entregues às granjas brasileiras foi conquistada pelos produtores do Paraná

O bom desempenho das granjas de suínos do Paraná mais uma vez ficou evidente na 9ª edição do prêmio Melhores da Suinocultura, promovido pela empresa Agriness. A entrega da premiação foi dia 27 de abril, em Florianópolis, quando exatamente metade dos prêmios entregues às granjas brasileiras foi conquistada pelos produtores do Paraná. Do total de 16 prêmios, 08 foram obtidos por granjas paranaenses, o que demonstra o alto nível atingido pelo Paraná, que é o segundo maior produtor de suínos do Brasil.

Foram mais de 1300 granjas participantes, que representam um plantel de mais de 1 milhão de matrizes do Brasil e da Argentina, consolidando o Melhores da Suinocultura como o maior benchmarking da América Latina em informações de produtividade do setor.

Durante a cerimônia foram divulgados os dados de desempenho zootécnico da suinocultura brasileira e argentina e premiados os produtores que atingiram em 2016 os maiores números de desmamados/fêmea/ano, índice utilizado para a classificação das granjas. Do Brasil, foram premiadas as três melhores granjas nas seguintes categorias: até 300 matrizes, 301 a 500, 501 a 1000, 1001 a 3000, acima de 3000 e, também, Produtor Evolução DFA, uma categoria especial que reconhece o produtor com a maior evolução no número de desmamados/fêmea/ano nos últimos três anos.

“Hoje, o Melhores da Suinocultura já se consolidou como um dos principais projetos de integração do setor, onde todos se beneficiam. Uma pequena ação - compartilhamento dos dados - está gerando um grande impacto”, afirma Everton Gubert, sócio-fundador da Agriness.

Do Paraná, as granjas premiadas foram: até 300 matrizes, Leitão de Ouro para a Chácara Vó Ita, de Mateus Simão e Filhos (Castro), com média de 34,80 desmamados/fêmea/ano; Leitão de Prata para a Granja Rhaetia 103, de Wienfried Matthias Leh (Guarapuava), com 33,28 desmamados/fêmea/ano; de 301 a 500 matrizes, Leitão de Prata para Chácara Modelo, de Victor Augusto Aardoon (Carambeí), com 33,69 desmamados/fêmea/ano; de 501 a 1000 matrizes, Leitão de Bronze para Granja Rhaetia 101, de Wienfried Matthias Leh (Guarapuava), com 32,76 desmamados/fêmea/ano; acima de 3000 matrizes, Leitão de Ouro para Granja Becker, de Milton Becker (Quatro Pontes), com 31,84 desmamados/fêmea/ano; Leitão de Prata para Granja Multiplicadora Friella, do Frigorífico São Miguel LTDA. (Itaipulândia), com 31,34 desmamados/fêmea/ano, e Leitão de Bronze para a U.P.L. Castrolanda, da Cooperativa Agropecuária Castrolanda (Castro), com 30,51 desmamados/fêmea/ano. O Paraná também levou o prêmio de Produtor Evolução, com Leitão de Ouro para a Granja Barkema Capão Alto, de  Reinder Barkema (Castro), com evolução de 25,23 para 32,88 desmamados/fêmea/ano.

A cerimônia de entrega do prêmio Melhores da Suinocultura Agriness foi prestigiada por diversas lideranças do setor suinícola, dentre elas o presidente da Associação Paranaense de Suinocultores (APS), Jacir Dariva.

Mais informações sobre a Agriness podem ser obtidas pelo site da empresa: www.agriness.com/pt/


 

Compartilhar


NOVO WEB SITE DA APS Desktop, Tablet e Mobile
Mais comodidade para você! Flexivel para navegar e visualizar em qualquer lugar.
Escolha Opções Tema
Customise o site Cores Predefinidas de Capa
Texturas de Fundo
Imagens de Fundo